20 de ago de 2010

Atualizando o pessoal.

 Faltam exatamente 29 dias para o embarque. Estou partindo dia 18 de setembro às 18:47.
 Último mês, agora que estou contando pro pessoal, revendo amigas, deixando tudo em dia. Eu já sou uma chocólatra por natureza, mas nessas últimas semanas estou me superando, chocolate é um vício, ainda mais quando estamos ansiosos.
 Bom, quando eu informo as pessoas que vou viajar, independente de quem for, amigos, parentes, ou simplesmente alguém que nem me conhece mas eu digo que vou viajar por um motivo ou outro, adivinhem qual é o primeiro comentário que eu escuto? "Ah, vê se já casa por lá" ; "Não vai arrumar um marido por lá ein".
 Ok, derrepente todo mundo é muito preocupado comigo, vai saber. Mas porque as pessoas pensam isso? Eu estou viajando a estudos, pra aprender, e não à procura de um marido ou alguém que me sustente sei lá. Será que ninguém acredita que eu posso crescer sozinha? O objetivo dessa viagem é ficar craque no inglês, aprender outras culturas e conhecer lugares. Todas escolhas tem consequências. Eu também não estou indo viajar pra nunca mais voltar, por mais que eu goste do lugar, eu amo a minha família. Não sou tão louca quanto pareço, eu vou voltar, se Deus quiser.
 Agora por favor, não pensem que mulheres dependem de homens pra conseguir o que querem. Esqueçam isso mulheres. Tem que ir em frente, tentar, errar, mas sempre tentar.
 Estou aproveitando cada dia que me resta aqui. E quem espera que a Laíza encontre um marido pela Irlanda ESQUEÇA. Eu sei que as pessoas falam isso sem maldade, às vezes brincando. Mas como eu sempre escuto a mesma "ladainha", cansei.
 Sim, esse foi um momento revolta da Laíza. Desculpa pra quem tá lendo isso, mas eu tinha que me abrir. rsrsrs.
 Semana passada tive a "orientação pré embarque" da Egali. Ainda não parece verdade, acho que só vai cair a ficha quando eu estiver entrando no avião.
 Um beijo pras minhas amigas, estou revendo todas aos pouquinhos... Mas até o dia de viajar espero conseguir matar a saudade de todinhas. Beijos pra minha mãe e minha irmã linda, pro meu pai e meu irmão que me aturam.
 Em breve posto mais coisas sobre a viagem.

8 de ago de 2010

                            Danica!!!!
 Bom... Na última postagem falei sobre a minha saída do Tabelionato. Só não falei de uma pessoa, porque ela significa pra mim, mais do que uma colega.
 Nos conhemos fora do Tabelionato, quando eu fui contratada ela estava de férias e depois que voltou das férias foi uma surpresa nos reencontrarmos, e a partir daí não desgrudamos mais. Os almoços eram os melhores do lado dela. Uma pessoa incomparável, que alegra qualquer um com aquele jeito maluca e feliz de encarar a vida. Teve uma época que era maluca demais, e eu, uma menina de 17 anos, tinha que dar uns "paratiquétos" nela.
Uma mãe, uma filha, uma colega, uma amiga.... Fizemos até festas juntas, não muitas porque sempre tinha uma engatada. hehehe. Uma mulher linda, que conquista todos sempre. Fez uma falta imensa quando nos deixou. Mas sempre manteve contato, de uma forma ou de outra.
 Sabe de todos os meus rolos amorosos. Sempre esteve do meu lado. Quero te econtrar ainda, vê se não me abandona ou me troca por alguém aí no 8° ein.
 Espero que no tempo que convivemos juntas, tu tenha aprendido a economizar e não gastar dinheiro em bobagens. Porque contigo eu aprendi muito. A viver intensamente tudo, e ser feliz sempre.
 Sempre fomos uma o oposto da outra. A morena e a loira. A menina e a mulher. A certinha e a nem tão certinha. E quem diria que com tantas diferenças ia sair uma amizade tão grande assim?
 Te adoro demais. Quero que tu alcance sempre teus objetivos, que seja muito feliz. E tua jornada seja de muito sucesso, porque tu merece e é capaz de alcançar tudo o que desejar.
 Da tua amiga, Laíza.