4 de fev de 2011

Continuo a mesma.

Podem passar anos, posso conhecer milhões de pessoas, posso viajar pelo mundo inteiro e posso mudar algumas opiniões. Mas meu caráter, minhas raízes e sentimentos nada nem ninguém vai mudar.
 Tenho princípios, sempre tive e sempre vou ter.
 Se não correspondo certas 'expectativas', não significa que estou agindo de forma errada.
 Educação vem de berço, nunca julgue uma pessoa antes de se olhar no espelho. Será que não seria  melhor se auto avaliar antes de avaliar o próximo?
 Enfim, nunca é tarde para recomeçar, nunca é tarde para assumir que errou, nunca é tarde para nada nessa vida. 
 O mais engraçado é que eu mudo de assunto com uma facilidade tremenda. =P
 Quero voltar, quero ficar. Aqui ou no Brasil, a Laíza é a mesma. No momento admito que se pudesse voltaria correndo, depois que vim pra cá, aquilo virou uma zona. Deixa eu voltar que coloco ordem naquela bagunça. 
 Tem coisas que me ligam com aquele mundinho de uma forma que não dá pra aguentar mais. Quero tudo de volta. E espero que estejam me esperando do jeitinho que eu quero na volta. :)


"and I go back to July all the time" 

2 comentários:

  1. oiiie
    ando lendo todos os teus posts, acho que ano que vem, vamos receber uma nova laíza. Não que você tenha mudado, e sim, pelo que agente anda lendo nos seus posts, são pensamentos, talvez desabafos. Coisas ligadas ao seu ponto de vista.
    Mais como amiga eu te digo, essa viagem está fazendo com que você se "abra mais". Conte o que você acha, o que você realmente gosta, sim a saudade deve mexer muito pra quem está do outro lado, assim acaba se tornando mais fácil o seu desabafo.
    Pode ter certeza que quem gosta muito de ti de verdade, está MORRENDO DE SAUDADES tbm, e é claro esperando o grande dia da sua volta.

    Mais gêmia.. que um conselho?
    SAUDADES, é um aspecto/um instrumento principal na vida de um viajante. Você poderia estar em SP, SC, ou até mesmo na serra do RS. E mesmo assim a saudade apareceria. É inevitável, ainda mais quando não estamos perto de quem amamos e fora da nossa rotina total. Ela vai continuar te acompanhando gêmia.. mais pense sempre de forma positiva, vai chegar um dia que você vai matar ela de vez! ;]

    "Quer saber o valor de alguém?
    Se você quer descobrir qual é o valor de uma pessoa, basta imaginar que este alguém pode um dia não estar perto de você. Amigos, familiares, ou alguém que você ama pode um dia não estar presente em sua vida, é nesse momento que descobrimos o valor dessas pessoas."


    see you
    Bruna

    ResponderExcluir
  2. gostei do seu blog. Ja estou te seguindo se puder me siga também.welmabeatriz.blogspot.com

    ResponderExcluir