28 de abr de 2011

Dia de praia.

 E ainda chamam isso de trabalho...
 Tem momentos difíceis sim, principalmente pela manhã na hora de ir para escola. Mas nessas duas semanas de holidays eu realmente não tenho do que reclamar. Cada dia temos que fazer algo diferente. E semana passada fomos na praia.


Ava catando conchas.

 Estamos procurando uma au pair para ficar no meu lugar. Ontem veio uma menina passar o dia com a gente para ver como funciona e coisa e tal. Deixei ela brincando com as gurias por um tempo sozinha e fiquei observando. Me deu um ciuminho em ver as "minhas" meninas com ela... É estranho pensar que provavelmente eu nunca mais vá ver elas de novo. Coisa mais triste. Difícil de aceitar. Elas já tem um lugarzinho guardado no meu coração e na minha memória com certeza.

"In case that I don't see ya,
Good afternoon,
Good evening
and Good night!"

Música do dia!

"Baby all I want is to let it go. Ain't no worries no, we can dance all night."

26 de abr de 2011

Parabéns pai!

 26 de abril de 1963 (putiz pai, agora todos vão saber a tua idade) nasceu um homem único, especial e insubstituível. Um pai, uma mãe, um amigo, um irmão, um filho, tudo isso em uma unica pessoa. Parece impossível, de repente até seria se meu pai não existisse. Quem conhece ele sabe do que eu estou falando. Agradeço todos os dias pela vida que eu tenho, mas em primeiro lugar sempre agradeço pelo meu pai. Acredito que eu, o Lucas e a Lara (sim, a Lara também), somos as três pessoas mais sortudas desse mundo por ter ELE como pai. Todos que convivem com ele também tem essa sorte, mas nós somos privilegiados, pois independente de qualquer coisa, ele vai estar sempre presente nas nossas vidas. Dizem que mãe é mãe e é uma só, já pai pode ser substituído. Eu concordo que mãe é mãe, mas corrijo o resto. O meu pai, vale por mil pais e mães juntos. Ele faz todos os papéis e mais um pouco. Não pensem que ele não tem defeitos, tem SIM, além dos momentos "porquinho" do dia a dia, ele pensa DEMAIS nos outros, tanto que muitas vezes acaba esquecendo dele próprio.
 Se existir alguma pessoa que ouviu alguém falar mal ou reclamar do meu pai algum dia, ganha um prêmio, não por ser o meu pai, mas sim por ser quem ele é.
 Meu radar ambulante. Consegue me irritar com a mania de controlador dele, mas eu também dou corda e acostumo ele mal... Tenho que começar a cortar os naipes dele.
 Ele sempre quer saber o que está acontecendo comigo. Existiam épocas em que eu tinha um pouco de "vergonha" em compartilhar certas coisas com ele, afinal, é meu pai. Mas hoje conto tudo, só não em detalhes, mas conto tudo. Até porque sou da seguinte opinião, se não pudermos confiar nos nossos pais, em quem vamos confiar?
 TENHO CIÚMES SIM DO MEU PAI. E ai de quem tente invadir o meu território. (Só abri exceção para fófis e o Maiarão).
 Ele é um guri, usa as roupas do meu irmão, joga futebol parelho com os guris toda a semana, pinta os cabelos para esconder os branquinhos que revelam a idade, não gosta se alguém chama ele de "tio" (porque ele se sente um velhote).
 É um pai que gera muitas invejas sem dúvidas. Ele leva e trás pra onde for necessário. Ele é pão duro e quando empresta dinheiro, nunca esquece de cobrar de volta. Aprendi a adquirir tudo o que consegui até hoje graças aos ensinamentos dele. Sou quem eu sou hoje graças a ele. Se eu arrisco, sigo em frente e consigo o que eu quero, podem ter certeza que 90% da minha coragem vem da força que eu tenho dele. Ele é a unica pessoa que faz eu abrir mão de tudo para fazer o que ele acha que eu tenho que fazer. Luto sim pela minha opinião, e discuto sim com o meu pai, mas no final das contas eu sei que quem vai sempre estar certo é ele. Nunca me decepcionei com o meu pai, e espero nunca decepcionar ele.
 Quando eu tiver meus próprios filhos, sei que será impossível ser como o meu pai, mas se eu for 80% como ele, já vou ser uma mãe de ouro.
 Enfim, hoje é aniversário dessa pessoa tão especial, que mesmo estando presente diariamente na minha vida, faz uma falta enorme. Estou longe, sem poder dar um presente ou um abraço forte no meu velho. Ele pediu para eu não ligar hoje, não liguei, mas não foi por causa do pedido, e sim porque eu também estou uma manteiga derretida, sem condições de falar no telefone.
 Eu ia fazer um vídeo, onde eu mesma cantava a música do Fabio Jr, cantava não né, lia a letra, recitava, sei lá como se diz o que eu ia fazer. Tentei, mas não consegui... A querida enchia os olhos d'água, até que acabei desistindo. Acabei fazendo um vídeo simples, com uma foto nossa e a letra da música.
 Hoje fico por aqui... O nome dessa figura é Lasaro para quem não sabe.  Foi por causa dele que eu comecei o blog, foi com a ajuda dele que eu consegui realizar esse sonho de estar na Irlanda e é por ele que eu sempre sigo em frente.
 Acho que escrevi bastante, e quem não conhecia, hoje conseguiu conhecer um pouco à respeito do meu pai. Quem conhece sabe que não exagerei em nenhuma palavra usada. Ele é tudo isso e muito mais.
 Parabéns pelo aniversário!!
 Espero que tu tenha conseguido aproveitar teu dia, claro que não tanto quanto quando eu estou do teu lado, mas enfim... haha. to brincando.
 Te desejo toda a felicidade do mundo, hoje e sempre. Que todos os teus sonhos e metas se realizem. E pode ter certeza que tudo o que eu puder fazer pra te ver feliz, eu sempre farei.
 TE AMO

O primeiro abraço que eu quero na volta!

Música do dia!
"Nem você nem ninguém tá sozinho, você faz parte desse caminho, que hoje eu sigo em paz..."

25 de abr de 2011

A Laíza...

 Laíza, 3h da matina, sem sono e com vontade de escrever. E cá estou eu mais uma vez.
 Prefiro mil vezes só postar fotos ou notícias à respeito do mundo para vocês, do que expor meus pensamentos, mas enfim, não arrumei os vídeos então o que me restou foi refletir...
 Em um momento loucura na minha vida, onde o que eu queria fazer não era o que esperavam que eu fizesse, ou o correto visto pela sociedade em geral. Minha mãe, minha melhor amiga, me enviou o seguinte: "Filha, direcione sua visão para o alto, quanto mais alto melhor. Espere que as mais maravilhosas coisas aconteçam, não no futuro, mas imediatamente. Perceba que nada é bom demais para você. Não permita que absolutamente nada te impeça ou te atrase de modo algum..."
 Minha mãe pode ser doida e muitas vezes irresponsável, eu sei a mãe que eu tenho. Mas também sei, que independente da situação, das minhas decisões, ou do que os outros pensem. É sempre ela quem vai estar do meu lado. Cresci com uma visão de certo e errado, que aos poucos fui percebendo que não existe. O certo e o errado dependem do ponto de vista. O "certo" é o que os outros esperam que eu faça, e o "errado" é o que a Laíza nunca faria.
 Eu me importo sim com o que os outros pensam. Mas a minha felicidade vem acima de qualquer pensamento pequeno de um terceiro. Aprendi que não preciso ser perfeita (a Nana me ajudou muito a aceitar isso). A Laíza tem sim fraquezas, a Laíza não é simpática all the time, a Laíza não tem o cabelo tão bonito quanto aparece nas fotos, a Laíza tem recaídas, a Laíza já chorou (sim, podem acreditar, a Laíza já chorou, foi um momento unico que só a Nana conseguiu presenciar), a Laíza é decidida mas muda de opinião como troca de roupa (honrando os geminianos), a Laíza não acredita em quase ninguém, por mais que faça parecer o contrário, a Laíza mente para não magoar as pessoas, a Laíza não tem pena, a Laíza reclama de quem reclama, mas também reclama (alguém entendeu o que eu quis dizer?), a Laíza enjoa rápido de tudo (isso é um problema), a Laíza não guarda rancor, mas tem momentos de muita raiva, a Laíza odeia fazer exercícios (só amo caminhar), a Laíza mora em Alvorada e não tem vergonha disso (só digo que sou de Porto Alegre pra quem eu sei que realmente não sabe onde fica Alvorada), a Laíza desistiu sim da carreira de comissária, a Laíza vai sim casar cedo (mas ainda tenho tempo, calma), a Laíza quer ter filho com 25 anos (eu quero, isso não significa que eu vou),
a Laíza quer a Nana de dinda da cria (mas já avisei que ela ou tem que ser rica, ou casar com um homem rico), a Laíza tá gordinha sim e isso não é brincadeira, a Laíza aprendeu que cada dia é unico, por isso temos que viver cada momento da melhor forma possível, porque só nós somos responsáveis pela nossa própria felicidade.
 Hoje passei por momentos remember. E fiquei impressionada em quantas coisas já aconteceram nesses 7 meses... E todas, exatamente todas, a Nana estava presente. Tanto nos momentos ruins, bons, engraçados, tristes... todos. Hoje quando a gente lembra, tornamos todos engraçados.
 Nosso céu começou a clarear... Tudo se encaminhando e os dias de Dublin estão contados... Só mais 3 finais de semanas para aproveitar essa vida maravilhosa que parece que começou ontem, mas já está prestes a acabar.
 Hoje a foto é a que resume o meu momento "nem aí". Tudo dando certo, não devo nada para ninguém (só alguns euros para a Nana haha), e quase deixando esse conto de fadas com o alívio de missão cumprida...


Música do dia!
"Ninguém vai poder atrasar quem nasceu pra vencer. É Deus quem aponta a estrela que tem que brilhar!"

23 de abr de 2011

Malahide (Ireland)

 Olá gentarada. No dia 17/04/2011 fomos para Malahide, uma cidade do lado de Dublin.
 Fomos de DART (trem), o ticket return (ida e volta) custa 4.40 euros.
 Não passeamos muito, só conhecemos o castelo de Malahide. Não pagamos para fazer o passeio turístico dentro do castelo, o passeio é por volta de 6 euros.
 Esse foi o meu bendito dia da super TPM, então acabou sendo feito só um vídeo. Nem editei nem nada porque não tinha o que fazer.


















Música do dia!
"Why is everybody so obsessed? Money can't buy us happiness."

22 de abr de 2011

Drogheda (Ireland)

 Oi pessoal.
 Hoje vou falar do passeio que fiz com a Nana aqui em Drogheda no dia 16/04/2011. Para quem ainda não sabe, Drogheda é a cidade onde eu trabalho de au pair e moro. Fica 1h de distância de Dart, do centro de Dublin.
 A Nana veio na sexta-feira (15/04). No sábado fomos de manhã para o shopping com as crianças, porque a minha chefe tinha marcado salão de beleza (que é no shopping), então fomos junto para entreter as crianças.

Enquanto tomávamos café...

As crianças brincavam.

Lindas.

Colocamos a Ava para trabalhar.

Nana e as gurias.

Eu e as gurias.

Elly, Laíza e Ava.


 Como vocês puderam perceber no vídeo, existia uma cabeça no meio da Igreja. E nós não sabíamos o que significava aquilo. Achei super estranho, parecia mais um cenário de filme de terror aquela Igreja linda, enorme e com uma cabeça no meio.
 Quando falei para minha chefe da cabeça, e perguntei o que era, ela me perguntou "Tu não leu a história da cabeça que tem lá? Não leu as plaquinhas". E óbvio que eu disse a verdade para ela. Não li. E também nem tinha como ler alguma coisa com aquelas duas maluquinhas correndo na Igreja, nem consegui analisar a cabeça direito. haha
 Enfim, agora, antes de postar no blog, fui pesquisar à respeito da tal cabeça...


Head of St Oliver.
 São Oliver Plunkett nasceu em 01 de novembro de 1625, nessa época a Igreja Católica e seus ministros eram reprimidos. Em 1647 Oliver foi para Roma estudar o sacerdócio e foi ordenado sacerdote em 1654. Três anos depois foi nomeado professor de Teologia. Em 1669 foi nomeado como Arcebispo de Armagh. Em 1679 foi preso acusado de traição. Foi transferido para Londres, e lá condenado à morte. Foi enforcado em Tyburn, na Inglaterra em 01 de julho de 1681. Sua cabeça foi resgatada do fogo por alguns de seus amigos e posta na St Peter's Church, em Drogheda, onde está alojada especialmente em um santuário de veneração.
 Dizem que todos os anos, no dia 01 de julho, existe uma celebração aqui em Drogheda, da data em que ele morreu. Mas não sei se isso é verdade, e provavelmente eu não estarei aqui para ver se realmente é verdade.
 Enfim descobrimos a história da bendita cabeça. hahaha

 Nós realmente estávamos perdidas. Depois que a minha chefe saiu do salão, largamos as crianças com ela e fomos passear pelo centro de Drogheda. Só que na volta foi um problema, eu fui por um caminho onde eu achava que pegaria um atalho (sempre que eu invento um atalho dá errado, eu já deveria ter aprendido isso). Sério, caminhamos mais do que 1h, se duvidar até 2h ficamos caminhando. Chegamos em casa mortas e a Nana fez aquela esperta massa com molho branco que eu simplesmente AMO.

Perdida em Drogheda.
 Então por hoje é só gentarada. Espero que tenham gostado de conhecer um pouquinho de Drogheda.

Música do dia!
"On me dit que nos vies ne valent pas grand-chose. Elles passent en un instant comme fanent les roses."

20 de abr de 2011

Bray - Greystones (Ireland)

 Olá gentarada.
 Hoje venho contar do nosso passeio em Bray que foi no dia 10-04-2011. Está bem atrasadinho o post, mas é porque eu estava com preguiça e sem criatividade para fazer o vídeo. Mas ontem eu estava mais animadinha e fiz de noite.
 Então ai está ele, é comprido, 9 min, mas espero que tenham paciência de assistir.

 Então, não fiz vídeo contando o final da história. Mas eu e a Nana enfim chegamos em Greystones, caminhamos até a outra ponta e como já era de se esperar, pegamos o Dart para voltar.

Nana, Laíza, Dani, Fe, Ju e Laura.























 Overdose total de fotos. haha
 Espero que tenham gostado, algumas são de Bray, outras de Greystones.
 Beijos para quem tem a paciência de me acompanhar. =)

Música do dia!
"You're nearly here and then you disappear."